home lifestyle

Tenha atitudes mais saudáveis no seu dia-a-dia

14 de julho de 2013

Dicas para você ter uma vida mais agradável e sustentável

Toda hora é hora para refletir sobre os atos cotidianos, no que diz respeito ao meio ambiente e a sua saúde, e modificá-los. Como mudar nunca é fácil, comece aos poucos, informando-se, primeiro, sobre sustentabilidade e meio ambiente e participando de grupos e fóruns para conhecer pessoas que estejam na mesma pegada e se inspirar. Abaixo, listamos a primeira parte de algumas dicas para você mudar de atitude:

1. Leia os rótulos dos alimentos – os ingredientes listados lá podem fazer você perder o apetite! Por isso, ao criar esse hábito, você ficará mais propenso a comprar alimentos naturais, como frutas e vegetais;

2. Leia livros relacionados ao tema – uma sugestão é a obra O mundo é o que você come, de Barbara Kingsolver, em que a autora relata sua experiência de consumir, durante um ano, somente alimentos locais e orgânicos. Para isso, Barbara e sua família tiveram que se mudar para uma fazenda, a fim de produzirem seus próprios mantimentos. Detalhe: ninguém tinha experiência com produção agrícola. Misturando aventura, memória e jornalismo, a autora dá dicas de pratos saudáveis e comenta sobre os mecanismos de produção agrícola nos EUA – nem todos admiráveis.

Outra indicação é o livro O Dilema do Onívoro, de Michael Pollan, que trata das etapas da produção de uma refeição (desde a caça até a produção industrial) e as consequências desses processos no meio ambiente, na nossa saúde e na economia;

dilema-do-onivoro

3. Liste os produtos químicos usados por você no dia-a-dia – escreva em um papel todas as substâncias químicas que você utiliza, como shampoos, cremes, detergente. Depois, tente substituí-las por outros produtos naturais;

4. Conheça seus vizinhos – uma relação forte com as pessoas ao seu redor também promove uma vida sustentável. Aproveite e compartilhe com eles suas descobertas, suas práticas sustentáveis e os incentive;

5. Descarte de forma correta seu lixo;

6. Dê preferência aos materiais recicláveis e econômicos – use sacolas recicláveis. Evite comprar papel toalha e água engarrafada. Invista nas lâmpadas LED ou fluorescentes, que têm como vantagem um melhor aproveitamento de energia (as lâmpadas incandescentes desperdiçam 80% da energia em forma de calor) e maior durabilidade (dez vezes mais);

7. Compre produtos de segunda mão – frequente brechós; promova uma troca de utensílios entre você e seus amigos ou participe de grupos virtuais que incentivem essa prática.

8. Compre ovos de galinhas criadas ao ar livre – vantagem: ovos ricos em vitamina A, menos colesterol, já que essas galinhas não comem alimentos geneticamente modificados, e não sofrem pressão para procriarem;

9. Experimente a compostagem – em vez de jogar no lixo os restos da refeição, transforme-os em adubo;

10Ande de bicicleta – já que o tempo é cada vez mais escasso, aproveite e pratique um exercício no caminho ao trabalho, escola, faculdade. Assim, além de você contribuir para o meio ambiente, você dedica algumas horas do dia a sua saúde;

bicicleta feita de bambu

11. Prefira carros pequenos – além de serem mais práticos na hora de achar uma vaga no estacionamento, consomem menos combustíveis e são mais práticos para limpar. E, se possível, reabasteça sempre utilizando álcool;

12. Deixe as roupas secarem no varal – em vez de utilizar o ferro e a secadora, economize e contribua para o meio ambiente, deixando-as secarem ao sol;

13. Coma menos carne – substitua por frutas, legumes e vegetais, que, conforme vários estudos, fazem bem à saúde, pele e corpo. Você pode começar sendo vegetariano uma vez por semana;

14. Visite uma fazenda em que os animais e os produtos são criados de forma sustentável – um exemplo é a Fazenda Santa Isabel, em Monte Alegre do Sul-SP, onde é possível andar a cavalo, colher frutas e experimentar alguns quitutes produzidos no local, “de forma artesanal”.

15. Passe as férias em casa – uma ótima opção não só para economizar dinheiro, mas também para refletir sobre a vida, organizar a casa, curtir a família e preservar o meio ambiente.

Você também poderá gostar

Não há comentário

Deixe um comentário